X-Men Origins: Wolverine – Review

maio 6, 2009 at 2:41 pm 29 comentários

wolverine-review-headerProdutora: Raven Distribuidora: Activision Gênero: Ação 

Plataforma: X360/PS3  Analista: Fabian Kurayami

Entra ano, sai ano e os jogos baseados em filmes continuam variando entre péssimos e medíocres. A Raven Software, encarregada de desenvolver o jogo, acabou dando sorte quando o filme foi adiado em quase um ano. O tempo extra permitiu uma produção mais bem acabada e as promessas de que Wolverine ganharia um jogo á sua altura e que entraria no restrito clube das boas adaptações cinema/games. Com o jogo nas prateleiras nos cabe agora a responder a pergunta: X-Men Origins: Wolverine faz parte da regra ou é uma exceção?

Visual Feroz

x-men-origins-wolverine-uncaged-edition-blood

A primeira impressão de Wolverine é excelente. O game começa com videos em CG fantásticos e quando o jogo começa os gráficos em tempo real são bons com um modelo de Logan extremamente bem feito e semelhante ao ator Hugh Jackman. Desde o vídeo é possível enxergar a violência do game. As animações são viscerais e mostram Wolverine como em suas mais brutais e ferozes interações nos quadrinhos. O jogo segue este mesmo clima. Decaptações, decepamentos e ótimas execuções dão o tom da aventura.

Os poderes de regeneração do mutante também são bacanas. É possivel ver grandes buracosno herói, deixando costelas e outros ossos expostos, antes que comecem a se fechar. Não é um espetáculo, mas sem dúvida faz seu papel.

Os cenários também são visualmente interessantes, especialmente o nível da floresta africana e o da fuga na neve. As instalações científicas possuem uma arte meio genérica mas não chegam a ser ruins. Os modelos dos inimigos são bons mas bastante repetitivos.

No aspecto técnico temos um jogo de frame rate sólido. A taxa cai em alguns momentos, em especial nas cenas onde o cenário é destruído, mas são situações pontuais e não uma constante durante a experiência.

Arma X

wolverine5-noscale

A trama do jogo acompanha os eventos do filme mas os expande. O roteiro do cinema não é lá grande coisa então não espere no jogo a profundidade de um Dostoievski. A história é a típica do “cinemão” de ação holywoodiano. O ponto positivo é que o jogo, supreendentemente, acrescenta sequências bastante interessantes que não existem no filme, como o ataque ao centro de pesquisa e desenvolvimento das emblemáticas sentinelas, robôs gigantes com o único propósito de encontrar e exterminar mutantes.

Em uma adaptação cinema/videogames um aspecto importante na apresentação é o grau de fidelidade que o jogo replica o clima do filme. Felizmente Wolverine sucede. Tudo remete ao filme. Dentes de Sabre e Logan estão modelados com extrema fidelidade a seus atores, e os outros personagens também obtêem sucesso mediano. Ajuda ter Hugh Jackman dublando o icônico mutante  Wolverine.

Aliás, a dublagem como um todo possui qualidade. Os outros atores do filme não fazem parte da produção, mas seus substitutos – ao lado de Jackman – garante a qualidade do game. A trilha sonora é discreta mas decente e os efeitos sonoros empolgam, especialmente o barulho das garras de Wolverine, que garantem uma grande impacto e aumentam a imersão.

Jogabilidade Assasina

wolverine_20090307_790screen001

X-Men Origins: Wolverine é um hack´n sla 3D clássico. A inspiração parece vir de Ninja Gaiden e God Of War. O combate é rápido e violento, mas os combos são simples e não possuem muitas variações.  Além dos combos podemos usar alguns especiais, que são executados de modo bastante simples, basta segurar um dos gatilhos e apertar um dos quatro botões de face. Há ainda agarrões e os “Lunges” que são imensos saltos em direção ao adversário. No geral o combate flui com tranquilidade, mas após algum tempo fica claro que o título é não possui a profundidade da dupla que o inspirou.

Algo que me surpreendeu foi a grande quantidade de puzzles que o jogo oferece. A maioria deles são simples mas definitivamente são divertidos e colocados em momentos corretos para quebrar o frenesi dos combates. Há também elementos de plataforma, com muitos saltos e integração com os puzzles, tudo auxiliado por uma câmera que se aproxima da perfeição.

Aliás o título investe em variedade. Há sequências de fuga, saltos sobre helicópteros, combates contra robôs gigantes e, pasme, momentos inspirados em jogos de nave! Até pelo fato do combate ser um tanto raso, estes momentos são fundamentais para dar “gás” ao jogador para seguir em frente.

O jogo faz uso de um sistema de evolução. Enquanto mais você mata e encontra “dogtags” mais seu personagem ganha pontos de SKILL que podem ser gastados em diversas habilidades como fator de cura, dano das garras e dano e duração dos especiais. Há também os “Mutagens” que podem ser equipados (até 3 ao mesmo tempo) para melhorar certas caracteristicas do herói, eles  estão espalhados pelas fases e são graduados em níveis.

O sistema de energia de Wolverine é bastante eficiente. Sempre que está parado, Logan regenera os danos superficiais. Há outra barra, essa esférica, que são os danos nos órgãos internos. Estes se regeneram com mais lentidão e apenas após o curamento completo dos danos externos.

Conclusão

x-men-origins-wolverine-screens-20090406092748760_640w

Poucas vezes tive tanto prazer ao jogar um game baseado em filme. Aliás, não só baseado em filmes, também baseado em quadrinhos. Não é um game profundo. Os combates não possuem a velocidade e profundidade de um Ninja Gaiden nem a elegancia e equilibrio de God Of War. Mas X-Men Origins: Wolverine faz o feijão com arroz com eficiência e acrescenta a mistura boas sequências de puzzles e saltos. Os gráficos eficientes e apresentação fiel á obra que a inspirou fazem de Wolverine um vencedor. Obrigatório para os fãs de Logan e suas garras!

Mais & Menos

+ Violento e brutal, fiel ao personagem nas HQs

+ Mescla bem combates, puzzles e plataforma

+ Hugh Jackman retratado com perfeição

– Combate raso

– Alguns, poucos, bugs e glitchs gráficos

Notas

Apresentação: 8,0

Gráficos: 8,0

Som: 8,0

Jogabilidade:7,5

Diversão: 8,5 (x2)

Média: 8,1

Entry filed under: Uncategorized. Tags: , , , , , , , , , , .

BioShock 3 também pode ser ambientado em Rapture Assinantes da revista digital Qore vão ganhar convites para Beta de Uncharted 2

29 Comentários Add your own

  • 1. nandolq  |  maio 6, 2009 às 3:00 pm

    “Mescla bem combates, puzzles e plataforma”

    Com certeza, se tratando de um game tudo isso ficou sensacional.

    O detalhe é que: Quando Wolverine quer uma porta ele FAZ uma porta.

    heheh

    Vou jogar agora.

  • 2. JACK BAUER  |  maio 6, 2009 às 3:32 pm

    aew. xou di bola o review Fabian. gostei bagarai tb. terminei ontem. jogo simples que cumpre o que promete. parabéns pelo review. \o/\o/

  • 3. msantosrs  |  maio 6, 2009 às 3:35 pm

    Estou jogando ele, e posso dizer q me impressionou muito, a jogabilidade é excelente, gráficos leves e muito bom…

    Parabéns pelo review pessoal, está muito bom…

  • 4. Alex  |  maio 6, 2009 às 3:41 pm

    ótimo review,com certeza vou comprar o jogo,joguei a demo e adorei!

  • 5. Spartagus  |  maio 6, 2009 às 4:10 pm

    muito bom

  • 6. hardcoregaming  |  maio 6, 2009 às 6:03 pm

    Vlw pessoal!

    O jogo é mt bom mesmo xD

    PS: Só 5 comentarios? Achava q o Wolvie despertaria mais interesse no pessoal da HCG

    PS2: Aew Jack Bauer sumido! Comop vao as coisas brother?

  • 7. Bubbles  |  maio 6, 2009 às 6:21 pm

    ultimamente to meio sem saco pra comentar, mas já que o fabian pediu heheh

    review muito bom fabian, to ancioso pra jogar ele, mas tenho que atualizar o drive… Parece ser um joguinho que não promete muito mas que acaba divertindo, to ancioso pra jogar. Inclusive vou jogar Riddick, depois passo minhas impressões pra vc.

    fui!

  • 8. Daniel  |  maio 6, 2009 às 7:40 pm

    em quais versões o ixtreme da pra jogar ?

  • 9. Bubbles  |  maio 6, 2009 às 9:20 pm

    1.51

  • 10. hardcoregaming  |  maio 6, 2009 às 11:05 pm

    Mas vc pode patchear o jogo e rodar no 1.4

    Mas neste caso NÃO pode entrar na LIVE senão é BANIDO.

  • 11. hardcoregaming  |  maio 6, 2009 às 11:06 pm

    Vlw Bubles =p

  • 12. William  |  maio 7, 2009 às 10:51 am

    testei ontem a DEMO e como todo jogo q usa a UNREAL ENGINE tem o grande problema de carregamento lento das texturas, na parte q o Logan pula em cima do helicoptero as texturas do helicoptero só carregaram depois q ele ja estava caindo. outro grande exemplo de jogos com carregamento lento das texturas é GEARS OF WAR e BIOSHOCK.

  • 13. nandolq  |  maio 7, 2009 às 11:11 am

    William

    Depois que eu instalei no HD do 360 ficou perfeito. Loads bem rápidos (menos de 10 segundos) e praticamente sem slowdowns.

    Recomendo a você fazer o mesmo pra ver se as texturas carregam de forma mais rápida.

    Depois conta pra gente se der certo.

  • 14. William  |  maio 7, 2009 às 11:36 am

    ja fiz isso com Bioshock e não resolveu. por isso q eu tb axo q o problema é da propria engine e não do leitor.

  • 15. DrManhattan  |  maio 7, 2009 às 4:28 pm

    grande review!
    Vou dar uma conferida no jogo.

  • 16. Daniel  |  maio 7, 2009 às 4:58 pm

    Muitogood esse jogo é

  • 17. igor  |  maio 7, 2009 às 6:20 pm

    vale pegar po ps3??

  • 18. ice  |  maio 7, 2009 às 8:41 pm

    show

  • 19. JACK BAUER  |  maio 8, 2009 às 7:56 pm

    tamos ae Fabian. sempre dou uma passada por aqui. mas tem vezes que posto um comentario e naum aparece. :// mas tamo ae no blog direto. o//

  • […] Games: X-Men Origins: Wolverine – Review  […]

  • 21. righi  |  maio 11, 2009 às 7:07 pm

    concordo 100% com o review, uma surpresa terem feito tao bem um jogo baseado em filme, dos jgoos de 2009 fica ao lado do riddick como os melhores ate agora

  • 22. Gui  |  maio 12, 2009 às 2:26 am

    Mto phodástico esse jogo,e na falta d palavra melhor,tá causando mesmo! Só dá ele \o\
    Pow,eu gostei mesmo foi da escotilha de LOST que apareceu de robert rsrssrsrsrsrs

    http://luna.typepad.com/.a/6a00d83451b3d069e20115707324bf970b-800wi

  • 23. kaka  |  maio 23, 2009 às 10:28 pm

    AMEI LINDO DE MAIS.

  • 24. junior  |  maio 25, 2009 às 2:32 pm

    gostei muito do que vi acho que vou compar o filme

  • 25. Rafael  |  maio 27, 2009 às 10:39 am

    então queria uma dica..
    estou numa parte, ontem tenho que “matar” um carinha que lanca missio e não consigo pega-lo pois ele esta no alto. Como que faço?

  • 26. Fabian Kurayami  |  maio 27, 2009 às 5:49 pm

    @Rafael

    É só vc usar defesa no momento q o míssel estiver se aproximando de vc. Isso fará Wolverine REBATER o projétil para o inimigo

  • 27. Danilo  |  junho 16, 2009 às 2:43 pm

    ISOEACOIZAMANS CHATODITODA ANSMINHAVIDA TOMA RAQI ISO NÃO ACOTESADI NOVO THAUUUUUUUUUUUU

  • 28. Camila Beatriz  |  junho 16, 2009 às 2:47 pm

    ISOE MOITOLE GAU SABIA QI OMEUIRMAOGONS TAMOI TODESANS COISANS THAUUUUUUUUUUUU

  • 29. Danilo  |  junho 16, 2009 às 2:51 pm

    isoemoi tomanero cara thauuuuuuuuuuuuuuuu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Seções

Arquivo


%d blogueiros gostam disto: