Gears Of War 2 – Review

outubro 22, 2008 at 6:24 pm 72 comentários

Produtora: Epic Distribuidora: Microsoft Game Studios

Plataforma: Xbox 360  Gênero: Ação/TPS Analista: Fabian Kurayami

Lançado em 2006, Gears Of War é o mais importante título do Xbox 360 ainda hoje. Sim, Halo 3 é o mais vendido e é um verdadeiro fenômeno cultural nos Estados Unidos, mas foi o jogo da Epic que iniciou a arrancada do console da Microsoft até o sucesso. O jogo foi o primeiro a trazer gráficos que justificassem TVs de alta definição e, mais que isso, reescreveu as regras para jogos de tiro em terceira pessoa.  Coroado como game do ano, era inevitável uma sequência e ela veio cedo, apenas 2 anos após o lançamento do game original.

Isso levantou especulações quanto as implementações de novidades relevantes ao jogo e alguns céticos taxaram o jogo de Gears Of War 1.5 sem ao menos jogar o novo shooter de Cliff Bleszinski. Em poucas palavras: Eles se enganaram. Oh sim, eles se enganaram…

MAIOR

Não se deixe enganar pelos primeiros 30 minutos de Gears Of War 2. Eles são incrivelmente injustos para com a grandeza do jogo. As primeiras cenas realmente parecem uma reprise do primeiro jogo, mas elas são praticamente uma piada de Bleszinski para o que vem a seguir…

Acreditem, o senso de escala de Gears Of War 2 é EMBASBACANTE! Cenários imensos, lotados de criaturas igualmente gigantescas! Enquanto elas desfilam imponentemente pode-se ver soldados correndo no chão, motoristas nos veiculos se movimentando por trás dos vidros… Tudo muito polido e de qualidade artística irrepreensível.

Logo no segundo Ato, ao descer aos subterrâneos, é possivel ver o quanto o jogo evoluiu. Os cenários são ricos, não possuem texturas repetidas e tem uma modelagem invejável. A vegetação busca inspiração em jogos de fantasiam e criam um contraste de tirar o fôlego entre a beleza “alien” dos cenários e a brutalidade e violência que o jogo esbanja.

Existem muitas cenas que impressionam pelo tamanho… São dezenas de reavers, helicópteros, inimigos comuns, brumaks, corpsers… Todos na tela ao mesmo tempo com uma iluminação fantástica e sem o menor sinal de slowdown. Falar que Gears 2 não evoluiu é assinar atestado de incompetência e ignorancia técnica. Onde antes havia um monstro grande, agora existem 5, 6 e mais centenas de personagens em um cenário 10 vezes maior. Sem exageros.

Saindo do lado técnico e entrando no artístico… Joguei Gears Of War 2 logo após sair de Fable II. Ainda estava encantado pela arte do RPG inglês e achava que um game brutal como Gears 2 dificilmente me arrebataria em seu lado artistico. COMO EU ME ENGANEI! Sempre gostei do design de ambientes de Gears Of War. A amalgame entre “shooter testorônico” e cenários de arquitetura gótica e romântica eram de um contraste impressionante mas extremamente elegante. Em Gears 2 este aspecto é multiplicado por 100!” Cada coluna, cada rebite de um prédio, cada escada ou cada porta dos palácios da horda locust ou de JAcinto… Tudo é entalhado, artisticamente trabalhado de modo distinto. Cada um possui uma beleza forte e que chama a atenção, mas ainda assim se integram no ambiente que é absurdamente “cheio” sem se tornar poluído ou brega em absolutamente instante algum.

Em um momento onde os jogos tomam cada vez mais o caminho “mais fácil” de um só tom, paleta de cores monocromáticas e texturas em placas (grandes blocos uniformes), é admirável ver que a Epic tomou o outro caminho, aquele que nenhum jogo desta geração parecia disposto a tomar. Texturas em camadas, estudadas uma a uma para cada elemento de cena.

Mais que isso, o jogo usa e abusa da variedade. Como um joga da ERA 16-bits, cada ATO se passa em um ambiente distinto. Um show de variedade em uma geração onde os jogos usam cada vez mais o mesmo ambiente para economizar modelagem e trabalho artistico. E não me refiro só a jogos medianos não! Grandes games como Dead Space e Metal gear Solid 4 sofrem deste mal. Mais uma vez a Epic escolheu o caminho mais difícil porém, sem dúvida, mais recompensador.

O adjetivo que abre este trecho da avaliação, “MAIOR”, também se ancaixa perfeitamente ao som de Gears Of War 2. A trilha sonora do primeiro jogo já era espetacular mas pecava pela falta de variação. Isso não ocorre nesta sequência. Muitos dos temas são inspirados na linda música tema da série, que foi recomposta e está ainda mais épica, estratégia comum em filmes de ação e que funcionou de modo brilhante em Gears 2, criando identidade sem  deixar de embalar de modo competente o jogo. Apesar das músicas serem oriundas de um só tema, todas possuem personalidade e foram compostas para se encaixar de modo brilhante ao trecho do jogo representado.

Na sequência onde Chairman Prescon discursa e no emocionante “desfecho” da jornada de Dom – em especial neste último – a música arrebata o jogador e cria arrepios que vão cobrir o seu corpo. Mais do que um prazer para os olhos, Gears Of War 2 definitivamente é um deleite também para os ouvidos.

A dublagem? O que dizer dela… O trabalho dos dubladores mais uma vez é perfeita. O carisma dos personagens do Delta Squad se mantêem inalterado. Baird continua arrogante, Dom um brutamente moderado e afável, Marcus o baddass que todos idolatram e Cole… diabos o Cole Train está ainda mais hilário com tiradas geniais que se tornarão icônicas! Pode esperar muitos “Squish Squash” nos fórums de internet.

Entretanto vale destacar o forte apelo dramático que os dubladores conseguiram imprimir na mais impressionante cutscene do jogo. Uma cena sem ação, mas belissimamente dirigida e com atuações emocionantes de Carlos Ferro (Dom) e John Di Maggio (Marcus). Aliás, justiça seja feitaa também aos programadores que criaram expressões faciais incríveis, só vistas antes em Metal Gear Solid 4.

MELHOR

Falar que Gears Of War reeinventou o gênero é chover no molhado. Hoje todos os jogos usam seu sistema de cobertura (não adianta virem com a ladainha de “Winback foi quem criou”. O titulo de N64 foi um fracasso e a mecânica de cobertura era MUITO diferente da de Gears) que é profundo e intuitivo.

Esta sequência não reeinventa a roda. È uma evolução natural, ajustes no sistema de aproximação, movimento, balanceamento de armas. Tudo que já funcionava bem, agora corre á perfeição. Em todo o jogo apenas duas ou três vezes o sistema não reagiu do modo que eu esperava, um resultado fantástico quando lembramos que toda a mecânica utiliza apenas um botão.

O jogo melhorou muito em seu level design. O que antes era simples e com poucas estratégias de aproximação, se tornou em um intricado jogo de possibilidades de ataque. Há coberturas móveis, alavancas sobem e descem coberturas, sequências onde armas do cenário podem ser manipuladas para atacarem inimigos… A gama de possibilidades foi multiplicada muitas, muitas vezes.

As novas armas e inimigos acrescentam demais ao jogo. Todos são interessantes e dão frescor ao título, trazendo aquela dose de novidade que se exige em uma sequência. O escudo, em especial, quando combinado com á maravilhosa Gorgon Burst Pistol criam uma combinação devastadora e muito divertida de se utilizar. Poucas vezes utilizei a possibilidade criar reféns, mas as vezes que fiz uso da mecânica, ela se mostrou sólida e eficiente.

Solidez e eficiência. Duas palavras que permeiam toda a mecânica de jogabilidade do game. Lembram do trecho veicular do primeiro jogo? ESQUEÇAM! Trechos veiculares estão de volta e são DIVERTIDISSIMOS! São momentos simples, sem tanta profundidade na jogabilidade, mas acrescentam variedade e empolgam pelo grau cavalar de destruição. Sério, cavalgar um Brumak enquanto se detona CENTENAS de inimigos com mísseis é qualquer coisa de sensacional!

Os confrontos contra chefes também foram refinados e não se resumem mais a usar o hammer of dawn ou atirar aleatóriamente. A batalha contra o monstro da água é especialmente dura, mas em nenhum momento frustrante.

Sobre a dificuldade, ela está dividida em Casual, Normal e Hardcore (Insane se abre após terminar no modo Normal ou Hardcore). Como podem ver, houve o acréscimo de um nível de dificuldade. Ponto para a Epic! Por vezes o Casual era FÁCIL demais para os jogadores medianos e DIFÍCIL demais para os casuais. Agora o Causal está mais fácil e o Normal mais difícil. Muito, muito justo. Jogando no normal levei 8 horas para terminar o game. 1 hora a mais do que levei para terminar Gears Of War pela primeira vez. Acham pouco? Então lembrem-se de Halo 3 (6 horas) e Call Of Duty 4 (5 horas) entes de chiarem. Infelizmente esta é a nova tendência, mas Gears 2 compensa com um grau de diversão tão grande que você irá terminar várias vezes com seus amigos no Co-op, além do modo Horde e do multiplayer competitivo.

CRUEL

Qual é o limite entre o drama – a crueldade e o horro da guerra – e da apelação sanguinolenta pura e simples? Difícil responder. Gears 2 torna a pergunta ainda mais relevante com alguns dos momentos mais fortes da história do videogame.

Sério, não quero estragar a surpresa de ninguém, mas saiba que além de andar por dentro de monstros gigantes rompendo artérias – e ficando LITERALMENTE VERMELHO DE SANGUE! – e partir inimigos em vários pedaços, o jogo apresenta duas sequências bastante fortes e cruéis. Destaque para a segunda que é incrivelmente bem dirigida, possui uma atuação primorosa dos dubladores e atingirá o gamer mais sensível como um soco no estômago. Não cheguei a chorar, mas definitivamente tive arrepios e virei o rosto da TV instintivamente no primeiro momento.

È CRUEL ASSIM.

O escopo narrativo do jogo, como um todo, é fantástico. Não estamos falando do roteiro em sí, que não tem a profundidade de um Final Fantasy X, Mass Effect ou Metal Gear Solid, mas do modo como ele é conduzido. As cenas não interativas são curtas mas empolgantes. Os diálogos afiados e a trama não perde o ritmo durante um segundo sequer.

Há deslizes… A rainha locust cruza o limite entre cool e brega, se aproximando mais do segundo. E o final, apesar de relevante e poderoso, é curto e deixa ainda mais coisas em aberto. Entretanto, é inegável que a evolução foi exponencial e pavimenta caminho para um desfecho ainda mais emocionantemente desafiador.

Conclusão

Maior, melhor, mais cruel… O trio de palavras cunhado pela equipe de marketing da Microsoft é meio brega mas, após jogar Gears 2, fica claro que não se tratava de uma promessa vazia.

O jogo da Epic não é uma revolução. È uma evolução. Porém não se trata apenas de “um passo adiante”. É um game maduro, polido, estudado, relevante e muito, muito sólido. A jogabilidade está mais rica e variada, os gráficos muito mais poderosos tanto no caráter artístico quanto técnico. O som ganhou em volume e qualidade e a história foi transformada em um conto obscuro, intricado e extremamente cruel.

Gears Of War 2 é um jogo incrível e se aproxima vertiginosamente da perfeição.

È o jogo que todos os fãs de ação estavam esperando.

È uma jornada que não pode ser perdida.

È uma guerra que vale ser lutada.

Alguém pode bater GTA IV este ano?

Já temos a resposta.

Mais & Menos

+ Visuais estonteantes. O combo “arte + tecnica” é o melhor da geração.

+ Trilha sonora arrebatadora, capaz de arrepiar.

+ Empolgante e variado. O tempo passa sem você perceber!

+ Possui uma das mais corajosas e fortes cenas da história dos videogames.

– A Rainha dos Locuts é meio ridícula…

Notas

Apresentação: 9,0

Gráficos: 10,0

Jogabilidade: 9,5

Som: 10,0

Diversão: 10,0 (x2)

Média: 9,8

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized. Tags: , , , , , , , , , , , , , .

Mais uma da Sony: problemas na tela do novo PSP-3000 Site oficial de Resident Evil 5 no ar

72 Comentários Add your own

  • 1. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 6:43 pm

    PS: Como vcs sabem, o jogo sai apenas em Novembro. Recomendamos a todos que comprem a versão original caso gostem do game. Ele merece (e a nossa já está comprada xD)!

    PS2: Não temos imagens para mostrar as cenas de guerra gigante e os cenários absurdos pq elas estão SOBRE EMBARGO. Apenas quando o jogo sair oficialmente os sites poderão mostrar as cenas mais legais de Gears 2. Uma pena.

  • 2. LHYNCOLLN  |  outubro 22, 2008 às 6:48 pm

    AI AI AI AI AI AI AI AI JA TO COM O GAME AKI DESDE DE ONTEM MAIS TO COM MEDO DE JOGAR E SER BANIDO DA LIVE………. AI DEPOIS DE VER ESSA PEVIEW FICO MAIS MAIS VOLTADE AINDA…..ONTEM SO JOGEI OS 30 MUNITOS NO GAME DO MEU AMIGO QUE NAUM TEM LIVE…… E UM JOGO IMPREDIVEL SEM DUVIDAS……. GRANDE MARCUS FENIX…………NICE!!!!!!!!!!

  • 3. Alan  |  outubro 22, 2008 às 6:48 pm

    Como sempre um review excelente… Essa é a maior nota que você deu, não ???

  • 4. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 6:51 pm

    Brigadão Alan!

    Na HCG sim.

  • 5. Leandro Rodrigues  |  outubro 22, 2008 às 6:58 pm

    Otimo Review como sempre! ;D
    So vou ter meu Gears of War 2 no final do mes 😦

  • 6. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 7:03 pm

    Vlw LeandrO!!

    Vale a pena a espera cara. È um JO-GA-ÇO

  • 7. Matheus  |  outubro 22, 2008 às 7:03 pm

    HCG um dos sites de games mais exigentes da net =P

  • 8. Guilherme  |  outubro 22, 2008 às 7:10 pm

    Muito bom.
    Parabéns pelo review.

  • 9. Spartan1590  |  outubro 22, 2008 às 7:12 pm

    Só não concordo sobre a Locust Queen
    Achei que ela ficou bem implementada
    Eu tiraria 0,3 do game devido a umas texturas meio ruinzinhas e a água que tbm tá feiona no fim do game
    REVIEW PERFEIO!
    Boa Fabian e continue assim!

  • 10. Fernando  |  outubro 22, 2008 às 7:14 pm

    Tinha que ser 10! =]

    Bom review.

  • 11. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 7:15 pm

    A agua está linda. Achei uma das coisas mais foda do game. Não vi texturas ruins. Uma ou outra inferior, mas comprando a QUALQUER jogo do mercado é um espetaculo.

    10 FÀCIL.

    E a rainha… pow… não vou comentar sobre ela pq vai ser spoiler… mas na boa… NADA HAVER DO CARAI!!! Brega demais! Parece Jaspion =DDD

    Vlw pela força Spartan!

  • 12. NoName  |  outubro 22, 2008 às 7:25 pm

    Parabens pelo review, realmente espetacular. Pessoal, prestigiem o trabalho da Epic, compre original pois este jogo merece!

  • 13. Brúh  |  outubro 22, 2008 às 7:29 pm

    Fabian, tu sabe que eu sou fan dos seus reviews.
    acho esse perfeito e sua nota foi a mesma q a minha num review q fiz pra um amigo no MSN,disse q pra mim ele so perdia pra Fable II (fantastico) por muito pouco pois era quase um empate, Fable II com 10 e gears 2 com 9,8!
    agora queria q vc me disse-se qual são as cenas fortes, de tao forte assim so achei SPOILERS A FREMTE quando u Tai se matou,estando todo flagelado FIM DO SPOILER!
    vc achou alguma outra alem dessa?
    vlws cara se puder me add no msn pra conversarmos é brunogui.rock@hotmail.com

  • 14. Spartan1590  |  outubro 22, 2008 às 7:54 pm

    KKKKKKKKKK
    Parece o Jaspion foi boa!
    Mas concordo que o Cliff quis colocar um pouco de humor nela
    Nunca se sabe o que ela pode se transformar quando perder a linha!

  • 15. Rodrigo Melo  |  outubro 22, 2008 às 8:32 pm

    FodaaaaaAAAAAAAAAAAA!!!

    Valew fabian!

    review magnifico!!!

    espero pelo review do fable!! ancioso!

    Gear chuta bundas!!

    Sony please o que é resistance perto desta obra prima?!?!?!

    sei que Resistance 2 parece ser daora!! mas falar que esperam ser melhor que gears 2 !! é pra rir! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • 16. khorino  |  outubro 22, 2008 às 8:35 pm

    Eu ia editar, mas peço que você edite, Fabian. Ainda estou no começo e acabei lendo a parte do Dom…hehehehe

  • 17. Daniel  |  outubro 22, 2008 às 8:51 pm

    FODA D++++++++++++

    GOTY COM CERTEZAAAAAAAAAAAA

  • 18. cRaudio  |  outubro 22, 2008 às 9:45 pm

    Como sempre…

    parabens o///////////

    jogaçoooo o/

  • 19. felipe  |  outubro 22, 2008 às 9:54 pm

    curti a análise
    uma dúvida e uma crítica:
    -no jogo há mais elementos de exploração ou se trata apenas de avançar pelo cenário matando tudo que se vê pela frente???
    -sobre a variedade artística, a citação de Metal Gear Solid 4 foi equivocada. o jogo do mestre Kojima possui a mesma divisão de atos, passando por cenários em climas áridos, tropicais, gélidos, cidades de leste europeu, bases militares e grande variedade de inimigos…
    só um toque sobre um ponto discordante
    mas ótima análise

  • 20. Marcus Cardoso  |  outubro 22, 2008 às 10:04 pm

    uma pergunta FABIAN!

    qto você tem de GAMESCORE?

  • 21. felipe  |  outubro 22, 2008 às 11:12 pm

    nú!
    calma ae vei

  • 22. Wakka :D  |  outubro 22, 2008 às 11:32 pm

    Ei, Luiz…
    Você já viu alguma buceta na sua vida?
    Abraço, campeão.

  • 23. Daniel  |  outubro 22, 2008 às 11:35 pm

    Luiz, deixe de ser idiota. Sai daqui! não queremos perder tempo lendo suas bobagens, eu não vi ninguém baixando o nível. Não gostou?! VAZA!

    Não seja mais um istazinho do Ps3 ou qualquer Hater de merda, esse negócio já perdeu a graça. Aposto que você não conhece o trabalho do Fabian, ele fazia reviews na -xbox 360 a melhor- e todos eram muito bem construídos, com o máximo de imparcialidade possível, levando em consideração os estilos e características técnicas, além do principal que é a diversão…compare as outras análises desse blog e da comunidade e você perceberá que ele não faz nada sem critério.

    Atenha-se a sua insignificância…

  • 24. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 11:46 pm

    Kill Switch?!

    UAHHAUhiAHUIUAHuiHAuiHAIUhAUIHA

    Pessoal, vamos ignorar.

    Ele é tão ignorante que não sabe que Winback é MUITO mais velho q Kill Switch e foi o primeiro game da historia a criar o sistema de cobertura.

    Vamos deixar ele falar merda, é apenas um ISTA frustrado de capacidade cognitiva inexistente.

  • 25. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 11:50 pm

    @felipe

    Vlw pela força Felipe!

    1- Continua um TPS em essência. Ou seja, matar, matar, matar.

    2- A variação existe, mas há uma reciclagem de texturas e modelos. A paleta de cores tbm é repetitiva. Mas é questão de gosto.

    abraço!

  • 26. hardcoregaming  |  outubro 22, 2008 às 11:50 pm

    @Khorino

    Não rpecisa editar nada. Eu NÃO DOU SPOILER NENHUM no review.

  • 27. Ricarditto  |  outubro 23, 2008 às 12:06 am

    ótimo review!

    e a respeito da cena assutadora do ato 4, meus amigos, tem q ter muito sangue frio para não reagir de forma assustadora, que cena grotesca! NENHUM JOGO JAMAIS FEZ ISSO! esse é o jogo mais badass da história dos games!

  • 28. xd  |  outubro 23, 2008 às 12:16 am

    GOW se torno o trunfo da M$, igual é MGS,GOD, pra sony.

    nao tive a oportunidade de jogar AINDA, to esperando chegar.

    agora so esperar pra ver quem leva o goty do ano.

    e belo review;

  • 29. hardcoregaming  |  outubro 23, 2008 às 12:17 am

    @Marcus

    Tenho 17 mil em 1 perfil e 5200 em outro.

    è q eu jogo pra terminar, não pra fazer 1000 pts.

  • 30. Bubbles  |  outubro 23, 2008 às 12:55 am

    Review Foda!
    Jogo foda!

    sem mais..

  • 31. felipe  |  outubro 23, 2008 às 11:27 am

    continuo discordando sobre os aspectos técnicos de MGS4
    hauauahuahauhauahau

    mas enfim.. agora fico na dúvida se me vendo meus rins para Fable 2 ou Gears 2… por sinal.. quando sai a review de Fable???

  • 32. William  |  outubro 23, 2008 às 11:45 am

    excelente review.. explendido !!!

  • 33. Editor Chefe  |  outubro 23, 2008 às 12:31 pm

    Parabéns pelo review.
    O jogo esta muito foda sem palavras.
    Isso me leva a crer que um determinado jogo faça o consumidor escolher uma determinada plataforma como foi o caso de muitos escolher o ps3 por causa do MGS4.
    E na mesma ideia de jogo o Gears of Wars para xbox 360.
    Uma coisa que deve tirar o sono de muitos e quanto tempo vai durar a exclusividade de MGS4 para ps3……

  • 34. Dinhowr80  |  outubro 23, 2008 às 5:01 pm

    O reviw está otímo,mas esse não leva como melhor jogo desse ano,acho que vai concorrer com MGS4,GTA4 mas dizer que vai se melhor é outra coisa

  • 35. Thiago/Veldrane  |  outubro 23, 2008 às 5:18 pm

    Como sempre, muito bom o review do fabian.

    Pra quem conhece o fabia, sabe que ele eh um cara amante dos games. Ele não fica nessa de ismo EXAGERADO…ele eh gamer PORRA !

    Assim como eu, ele gosta de jogar e de jogos bons.

    Não é culpa dele se a disputa entre vgs virou. Então vamo tentar respeitar a analise do cara, afinal eh uma análise pessoal.

    gears 2 eh um jogão ! e concorre diretamente com GTA IV , só quem eh um jumento não admite isso. Me cheira a dor de cotovelo.

  • 36. geraldo  |  outubro 23, 2008 às 5:49 pm

    e doido

  • 37. geraldo  |  outubro 23, 2008 às 5:51 pm

    vai dar e msg4 x gw2 só sego e ista não ver antes de falar primeiro jogue cambada!

  • 38. geraldo  |  outubro 23, 2008 às 5:52 pm

    gta4 fica com a terceira colocação se quizer

  • 39. Tiago Cabral  |  outubro 23, 2008 às 6:26 pm

    Muito boa a análise!! parabéns..

  • 40. dfgdfhgh  |  outubro 23, 2008 às 7:05 pm

    esse jogo é um cu
    super mario galaxy humilha essa porra ai

  • 41. gabriel  |  outubro 23, 2008 às 8:38 pm

    pra mim, de todos os reviews, esse foi o MELHOR!
    por tudo, a começar pelo jogo, e pelo tanto q vc flo.
    jah era uma compra certa e agora eh mais ainda!
    paraéns de novo pelo review e to no aguardo pelo de FABLE.

    PS: todos os jogos q vc deu nota boa, comprei e adorei, então, qd to na duvida, sua opiniao eh q decide a compa! continua assim Fabian!

  • 42. hardcoregaming  |  outubro 23, 2008 às 9:16 pm

    Poxa, mt obrigado pessoal!

  • 43. xd  |  outubro 23, 2008 às 10:41 pm

    sem duvida é uma analise muito bem feita.
    parabéns de novo.

    to esperando a do farcry 2 em hehe.

    o blog ficaria completo se tivesse analises de ps3 tambem.

    abraço.

  • 44. Wakka :D  |  outubro 24, 2008 às 12:50 am

    Caralho, como tem gente invejosa nesse mundo…
    Cara, se você não curte o trabalho do blog, é fácil: volta pro 1up e se delicie com os “verdadeiros” reviews “profissionais”!
    E outra coisa, antes de chamá-lo de ista, fique sabendo que o Fabian também tem 1 PS3.
    Agora se não for pedir muito, vaze e deixe o “amador” fazer o trabalho dele em paz, nerd tetudo 😀

  • 45. hardcoregaming  |  outubro 24, 2008 às 3:17 am

    @xd

    Opa cara! Mt obrigado! É complicado analisarmos PS3 pq qd compramos o jogo ele já está “velho”. Os jogos são caros, não dá pra comprar tds, e qd se pega o jogo já tem 1 mês de lançamento.

    Por isso nos concentramos no 360 e nos games multiplataforma (Dead Space, GTA, Pure, Fifa, Far Cry… Tds TAMBÉM est]ao no PS3). Juro a vc, se tivessemos algum apoio financeiro fariamos avaliações dos exclusivos dele com o maior prazer!!

    PS: Qd fui jogar MGS4, por exemplo, o jogo já tinha quase 2 meses…

  • 46. hardcoregaming  |  outubro 24, 2008 às 3:18 am

    @Wakka

    Vlw irmão! Deixa esse babaca falar o q quer. Eu acho engraçado. Ele deve ter uma vida muito vazia pra perder tempo vindo no meu blog 10 vezes por dia para falar merda

    Uahhaiahuaiuhaa

  • 47. Marcelo  |  outubro 24, 2008 às 1:58 pm

    Sou gamemaníaco há muito tempo e só hoje dei a sorte de descobrir este espaço. Sinceramente, se a primeira impressão é mesmo a que fica, não encontro adjetivos para classificar o que li aqui.

    Havia tempos que eu não lia um texto tão rico e empolgante. O analisata conseguiu passar e emoção do jogo por meio de palavras…

    Parabéns pelo EXCELENTE trabalho.

  • 48. felipe  |  outubro 24, 2008 às 6:39 pm

    ah, os jogos de ps3 saem bem mais barato sô.. uma pesquisada rápida no mercado livre já dá pra saber…e jogar com 2 meses nem deixa nada velho não… o mundo de hoje é corrido mas nem tanto
    =P

  • 49. hardcoregaming  |  outubro 24, 2008 às 7:38 pm

    @felipe

    Estamos falando para REVIEWS. Não faz sentido fazermos um review 2 meses depois de o jogo ser lançado.

  • 50. Willian Boit  |  outubro 24, 2008 às 8:19 pm

    FAbian

    A pergunta que não quer calar:

    MGS4 vs GOW2

    Qual achou melhor ?

  • 51. hardcoregaming  |  outubro 24, 2008 às 8:22 pm

    GoW 2

  • 52. Bubbles  |  outubro 24, 2008 às 8:50 pm

    Teve uma melhora gráfica relevante?

    Essas imagens do post estão Muito Bonitas,
    espero que sem make up…

  • 53. Cleber  |  outubro 24, 2008 às 10:30 pm

    no dia que esse game estava no torrents ja baixei, tava sem midia, tenhos varios jogos pra gravar ainda, e , sem querer me lembro de um site que fala sobre games que estava no meu favoritos , adivinha com o que me deparo ? com a mais perfeita review, parabens , esta bem detalhado , que nao vejo a hora de tomar vergonha na cara e gravar logo esse jogo que esta mofando aqui seedeando xD

    parabens msm pela review, continue assim, e espero uma review nesse estilo e entusiasmo com fable 2 tb, esplicando detalhadamente os sistemas , e se aceitarem uma sugestao, na review de fable 2, explicar se realmente todas promessas foram compridas dessa vez =]

    voltando ao assunto do gears 2, como sempre, o melhor jogo de açao , pra mim , sempre sera goty =]

  • 54. Wakka :D  |  outubro 24, 2008 às 11:05 pm

    O que mais me interessa nesse jogo não são nem a melhoria dos gráficos, mas por incrível que pareça, estou MUITO interessado na história! Quero saber logo qual vai ser o desfecho, ou não, dessa guerra! 😀
    O roteiro e o final do jogo te agradou, Fabian?

  • 55. Wakka :D  |  outubro 24, 2008 às 11:07 pm

    Minha concordância foi um espetáculo…
    não é nem a melhoria dos gráficos*

  • 56. hardcoregaming  |  outubro 25, 2008 às 2:11 am

    Agradou sim Wakka.

    È uma história bem épica e muito empolgante. Como eu disse, não é uma obra prima do roteiro, mas nenhum filme de ação é. E Gears of War È UM FILME DE AÇÂO!

    Enfim, a história é bem legal e os graficos… meu deus… são inacreditáveis!

  • 57. Renan  |  outubro 25, 2008 às 7:23 am

    Olá Fabian
    Cara adorei seu review, estou aki só esperando o tal dia 7 chegar pra queimar minha midia….
    Só tenho uma pergunta a vc…é sobre as texturas dos cenarios e personagens..ainda estao carregando na sua frente d vez enquando igual o Gears 1?
    A unica coisa q me incomodava no Gears 1 era isso cara, ainda bem q era meio dificil acontecer, mais mesmo assim é feio d+

    abraço

  • 58. LUIZ  |  outubro 25, 2008 às 1:52 pm

    O que diz sobre o preço dos jogos de PS3 terem um preço elevado concordo, mas os de 360 não diferem em valor significativo, os jogos lançados no Brasil são R$ 10,00 mais baratos do que os importados e vendidos em algumas lojas. Em relação ao atraso, acho que é você mesmo que está por fora, pois quando se lançou Metal Gear Solid 4 mundialmente, após 5 dias já estava jogando, e você que provavelmente mora no Sudeste jogou dois meses após? Isso por que tenho de sair de Minas Gerais pra comprar em São Paulo.

  • 59. LUIZ  |  outubro 25, 2008 às 1:56 pm

    O que ajuda e muito o 360, fato irrefutável e incontestável é a pirataria. Em uma semana e meia, já consegui, Gears of War 2, Far Cry 2, Rock Revolution, Guitar Hero 4, Dead Space, Fable 2. Mas na cidade onde moro existem locadoras de jogos, onde posso fazer o aluguel de algum game que seja bom, mas não queira comprar, no caso do PS3.

  • 60. LUIZ  |  outubro 25, 2008 às 1:58 pm

    O valor de um jogo de PS3 é 170,00 no mínimo, e o de 360? Praticamente nulo, somente um mídia Verbatim e uma internet de 300k já dá pra se ter os jogos sem sair do lugar.

  • 61. Fernando  |  outubro 28, 2008 às 11:53 am

    LUIZ entende das coisas. Eu tenho um amigo chamado Luis que pensa exatamente assim.

    E eu também não penso de forma diferente.

    A pirataria foi um dos fatores que me levaram a comprar um Xbox 360.

    E hoje é dia de Fallout 3, mais um pra me ajudar a sobreviver até dia 7.

    Eu abro o porta-cds e vejo Gears of War 2 ao lado do primeiro Gears of War e da uma vontade louca de pôr o jogo e ficar sem live até dia 7. Está cada dia mais difícil resistir.

    Ainda bem que Fable 2 e Far Cry 2 não são jogos curtos. ^^

  • 62. hardcoregaming  |  outubro 29, 2008 às 6:32 pm

    @LUIZ

    Eu moro em Campina Grande na PAraiba amigo e não no Sudeste. Cuidado com suas deduções.

  • 63. mynameis  |  novembro 2, 2008 às 8:47 pm

    eh isso aew o cara mora em campina e ainda eh raposeiro! so presta assim! 😀

  • 64. Totti  |  novembro 3, 2008 às 7:05 pm

    Dia 7 de novembro saí o melhor jogo do ano sem dúvida ok.. Vai ser fabuloso tudo perfeito é inacreditável.. Gears of war fica sempre na história para mim.. sempre.. força MARCUS…

  • 65. Angelo macri  |  novembro 5, 2008 às 7:00 pm

    Cara q review incrivel, da próxima vez q eu fizer um, já sei onde buscar inspiração. Bem eu fiz um tbm, queria q vc desse uma lida. Claro q não dá p comparar com o seu, mas achei q concordamos em alguns aspéctos. Se puder de uma olhadinha. To te passando o link.
    http://www.revistax360.com.br/forum/viewtopic.php?pid=5294#p5294

    Um abraço e parabens pelo excelente review, um dia eu chego lá!

  • 66. Angelo macri  |  novembro 6, 2008 às 1:56 pm

    Cara, adorei seu Review, eu tb fiz um p site da revista do xbox 360, queria q vc desse uma lida. Nem se compara ao seu q é profissional, mas seria importante p mim se vc lesse e me desse sua opinião. Segue abaixo o link do meu review:
    http://www.revistax360.com.br/forum/viewtopic.php?pid=5294#p5294

    Desde já agradeço e parabens pelo maravilhoso review. Atenciosamente Angelo macri

  • 67. Hoje é dia de Gears Of War 2 « >> HARDCORE GAMING  |  novembro 7, 2008 às 2:15 pm

    […] (EGM):  10 Videogamer: 10 HARDCORE GAMING: 9.8 GameTrailers: 9.5 IGN: 9.5 Eurogamer: […]

  • 68. Raphael  |  novembro 8, 2008 às 11:03 am

    Bem , só li o Review hoje , como não queria colocar o dvd no drive antes do dia 7, decidi fingir que o jogo não existia….O review ficou excelente , muito bom mesmo!!

    Eu ainda estou no começo do jogo,assim como vc diz no review não senti aquele impacto logo de cara , mas depois de meia hora o queixo caiu com a grandeza do jogo , realmente quase tudo evoluiu(tirando as texturas que são animais, fodas , fantasticas..mas piores doq do primeiro Gears( Oq é facil de se entender quando vc tem 100 vezes mais quantidade de coisas no cenario doq na primeira versão.

    Concordo 101% quando vc disse que o jogo tem aquilo que faltou no Dead space ( que jogo foda de bom ) variedade! Cada fase ( até o presente momento que estou jogando ) é bem diferente da outra.Se hoje me perguntassem qual o jogo que mais me diverti esse ano, eu responderia Dead Space …mas Gears como conjunto é insuperavel!!

    Parabéns Fabian pelo Review e pelo site , todo santo dia visito pelo menos umas 5 vezes porq sempre o site ta atualizado .

    abraço

  • 69. hardcoregaming  |  novembro 8, 2008 às 1:21 pm

    @Raphael

    Vlw irmão!

    A variedade impressiona mesmo né? Cada fase tem ambientes distintos, e mecanicas novas.

    È absurdo de divertido!

  • 70. Bob  |  novembro 9, 2008 às 12:05 am

    Gears 2 >>>>> ALL

  • 71. Daniel  |  junho 27, 2009 às 6:29 pm

    Zerei o 1 ontem e realmente é fodão mas GeOW2 é SENSACIONAL, PQP, alucinante, realmente a primeira parte parece um GeOW 1.5, mas depois de uma meia hora, PQP, embasbacante…

  • 72. Louro  |  agosto 5, 2009 às 1:01 pm

    Bem, amigo, deixe-me que lhe diga que a sua critica ao jogo fez-me ganhar uma vontade enorme de comprar uma X-Box!! Tenho mesmo que encontrar alguém que tenha uma para jogar esse jogo!
    Gostei muito da sua critica,cativou-me a experimentar o jogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Seções

Arquivo


%d blogueiros gostam disto: